Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Jardim de Mil Histórias

Jardim de Mil Histórias

28
Nov14

{Opinião} "O Jovem Törless", de Robert Musil

Isa Pereira
Este foi o primeiro romance do escritor austríaco Robert Musil, publicado em 1906, que tem algumas doses de autobiografia.

O livro fala sobre as vivências de um jovem adolescente, estudante de um colégio militar, em regime de internato, durante o Império Austro-Húngaro. Retrata a vida deste adolescente que está a descobrir as suas convicções, a sua personalidade, o seu universo.

Fala de estados de alma, das angústias da adolescência, da solidão dos alunos em regime de internato. É um romance muito filosófico.

Sinceramente, foi um livro que não me cativou logo desde início. A motivação para o ler foi aparecendo, à medida que lia o livro. Provavelmente se o tivesse lido na minha adolescência teria tido outra opinião.

Contudo gostei. É um livro profundo, inteligente, com pensamentos fortes, desconcertantes e dramáticos próprios de quem se está a descobrir.

Classificação:
3/5 - Bom
26
Nov14

{Divulgação} Leituras Conjuntas Natalícias 2014

Isa Pereira
Logotipo criado pela Patrícia Rodrigues

O Natal está a chegar e, a partir desta altura, o espírito natalício apodera-se de mim. Estava com vontade de fazer umas leituras natalícias e depois de perceber que algumas pessoas da blogosfera também o iam fazer, pensei: porque não fazermos umas leituras natalícias conjuntas?!

E assim foi. Falei com a Patrícia Rodrigues do Prazer das Coisas e ela aceitou! Ainda estamos a melhorar alguns aspectos, mas a ideia principal é trocarmos ideias e opiniões sobre as leituras.

Este "projeto" terá duas fases:
- Até 15 de Dezembro: leitura conjunta do "Quando a Neve Cai", de John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle.
- Até 31 de Dezembro: leitura de um livro à escolha, referente ao Natal. 

Depois, ou até mesmo durante as leituras, a ideia será irmos trocando ideias, opiniões e/ou questões que tenhamos num grupo do Facebook. E claro, partilhar nos nossos blogues.

Esperemos que achem a ideia interessante e se juntem a nós no grupo do Facebook - Leitura Conjunta Natalícia.


25
Nov14

{Divulgação} 25 de Novembro - Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres

Isa Pereira


Hoje comemora-se o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres. Enquanto mulher e enquanto cidadã sinto que nós mulheres, temos que lutar cada vez mais pelos nossos direitos. Claro que existem casos de violência doméstica contra homens, mas na maior parte dos casos são as mulheres as vítimas.

Depois de saber que hoje se comemorava o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres lembrei-me imediatamente de um livro que li há alguns anos sobre violência doméstica.

A Viagem, de Danielle Steel. Era um livro que tinha cá em casa (já não sei bem porquê) e decidi lê-lo. Posso dizer que gostei e, para mim, isso foi uma surpresa. Nunca tinha lido nenhum livro da Danielle Steel, pois pensava que eram romances muito lamechas, sem grande conteúdo. Enganei-me. Foi um romance que me tocou bastante, precisamente porque abordava a temática da violência doméstica. Já não me lembro ao certo de pormenores, mas lembro-me que gostei da forma como a autora tratou o tema. Realista e sem pudores. Nunca mais li nada da autora. Talvez volte a ler um dia.

Para assinalar este dia a APAV - Associação Portuguesa de Apoio à Vítima lançou uma campanha. Para saber mais clique aqui. "Basta que me batas uma vez." 
24
Nov14

{Opinião} "As Pequenas Memórias", de José Saramago

Isa Pereira
José Saramago nasceu numa pequena aldeia da zona do Ribatejo chamada Azinhaga. Os seus pais foram para Lisboa à procura de uma vida melhor quando José Saramago não tinha ainda 2 anos de idade.

Este livro, As Pequenas Memórias retrata isso mesmo: as suas memórias de infância e juventude. A maior parte da sua vida decorreu em Lisboa, mas regressava muitas vezes à aldeia de Azinhaga para visitar a família e durante as férias. Não se trata de um romance com personagens fictícias. José Saramago fala das suas aventuras com os amigos, dos namoros que fazia à janela, das peripécias engraçadas com os tios e a sua vida na escola.

Este foi o primeiro livro que li de José Saramago. E ainda bem. Fiquei a conhecê-lo melhor. Tudo o que passou na sua infância e juventude, os seus medos. Tudo o que sabia dele era o que sabia pela imprensa. Dos prémios literários, do Nobel da Literatura. E sempre me senti mal por nunca ter lido o "nosso Nobel". Mas foi desta.

Gostei muito desta leitura. Foi um livro muito fácil de ler. Uma escrita muito fluída e acessível. O que foi uma surpresa muito agradável para mim, porque ao longo da minha vida sempre ouvi dizer que ler Saramago não era fácil. É certo que não conheço os outros livros, mas vou com toda a certeza lê-los e tirar as minhas próprias conclusões. Deste gostei e muito. Recomendo a todos os que querem conhecer um pouco melhor da vida de José Saramago.

Classificação:
3/5 - Bom
22
Nov14

{Divulgação} "Eleanor & Park", de Rainbow Rowell - Janeiro de 2015

Isa Pereira

Este é um livro que já deu muito que falar aqui na blogosfera. Pelos melhores motivos, claro! Já vi imensos bloggers a falar muito bem deste livro. Uma excelente história, pelo que dizem. 

Cheguei até pensar em comprar o livro em inglês, pois ainda não está editado em Portugal. Mas ao que parece a editora Saída de Emergência vai lançar este livro para o mercado, em meados de Janeiro de 2015!

Parece que valeu a pena esperar! Só espero que corresponda às altas expectativas que tenho sobre  o livro. Aguardemos!
21
Nov14

{Opinião} "Os da Minha Rua", de Ondjaki

Isa Pereira
Este foi o primeiro livro que li de Ondjaki e posso dizer com alguma certeza que não será o último. Ondjaki é um autor angolano que já tinha alguma curiosidade em ler. Mas nunca tinha tido oportunidade. Na pilha de livros que trouxe do fim-de-semana (ver post aqui) estava este livro pequeno e peguei nele sem medo. 

Este livro fala das memórias de infância de Ondjaki vividas num bairro de Luanda. Ondjaki conta histórias sobre "os da sua rua", sobre os seus amigos, as suas aventuras e as idas à escola. Ir para rua brincar com os amigos; aglomerarem-se em grupos na rua a falarem do último episódio da telenovela brasileira "Roque Santeiro" que tinham visto na noite anterior; irem a casa dos amigos que tinham televisão a cores para verem melhor os seus programas preferidos! São alguns dos episódios que Ondjaki retrata.

É certo que a realidade de Angola e Portugal era diferente, mas ao ler este livro senti uma nostalgia que não sentia já há muito tempo. Lembrei-me da minha infância vivida nos anos 80. Quando vinha para a rua brincar com os meus amigos. Quando íamos almoçar ou lanchar a casa dos amigos só para estarmos mais um bocadinho juntos a brincar. E relembrar a telenovela brasileira "Roque Santeiro". Que clássico da minha infância!

Ondjaki tem uma escrita bonita, ternurenta, muito poética. No início foi estranho, pois o autor utiliza muitas palavras próprias da sua cultura. Mas como se costuma dizer "primeiro estranha-se e depois entranha-se".

É um livro que gostei muito ler. Li-o num dia chuvoso. Mas encheu o meu dia com afectos, doçura, simplicidade e nostalgia. Gostei muito!

Classificação:
4/5 - Muito Bom
19
Nov14

{Opinião} "O Meu Ano Mágico", de Nina Sankovitch

Isa Pereira
Desafio: ler um livro por dia durante um ano. Era capaz? Foi este o desafio que Nina Sankovitch se auto propôs. Nina perdeu a sua irmã mais velha repentinamente e, como forma de terapia, tirou um ano para si e para as suas leituras. Decidiu ler um livro por dia, durante um ano como forma de ultrapassar os seus sentimentos, fazer o seu luto. Queria ficar absorvida, perder-se e aprender com histórias que, de alguma forma, a prendessem. Foi o que fez, apesar de ao mesmo tempo, ter de cuidar da sua casa, dos seus 4 filhos, do marido, e ter que lidar ainda com percalços que aparecem na vida do quotidiano. Para além destas leituras, Nina decidiu criar um blogue e escrever as opiniões dos livros que lia. Pois assim podia partilhar os livros que lia com pessoas de todo mundo. 

Descobri este livro por acaso e assim que percebi que havia na biblioteca que frequento não hesitei. Ainda bem que o fiz. Provavelmente, um dia, irei comprá-lo pois já sei que vou querer relê-lo. Gostei muito do livro. Gostei da ideia, gostei da escrita da autora. Encarar os livros como forma de terapia, como escape à vida real. Aprender com outras histórias e ficar perdida nelas. Histórias, que por alguma razão, nos marcam e ficam nas nossas cabeças tanto tempo.

«Um livro por dia durante um ano: obsessiva e louca ou dedicada e disciplinada?» Nina dedicou-se mesmo a sério a este seu projeto de vida durante um ano. E, claro, partilhava as suas aventuras literárias com as pessoas à sua volta. Ao ponto de chegarem a ficar um pouco cansados de a ouvir falar sobre livros. Parece, de facto, um desafio intenso e exigente, principalmente para quem tem uma família tão grande. Mas Nina conseguiu.

Acho que neste momento não era capaz de aceitar um desafio desse género. Apesar de adorar ler, também tenho outros interesses e, muitas vezes, não recuso a oportunidade para estar com a minha família ou com os meus amigos e desfrutar do momento. Quem sabe um dia!

Para quem gosta de livros é um bom livro. Fala de outros livros e de outras histórias. E o que mais gostei neste livro é o facto desta história ser real. A autora criou o seu blogue onde, ainda hoje, também escreve sobre livros. Continua a partilhar as suas opiniões dos livros que lê com outras pessoas.

Como a própria autora refere: «Um livro não tem que pertencer ao cânone da grande literatura para marcar uma diferença na vida do leitor.» Recomendo!

Algumas citações que mais gostei:

«A beleza está nos momentos que perduram, nos momentos que nos inspiram repetidamente.»
«(...) as palavras são testemunhas da vida: registam o que aconteceu e tornam tudo isso real.»
«As palavras criam as histórias que se transformam em História e se tornam inesquecíveis.»
«Não procurem a felicidade. A vida em si é felicidade.»

Visitem o blogue da autora, Nina Sankovitch:
http://www.readallday.org/blog/


Classificação:
4/5 - Muito Bom


17
Nov14

{Devaneios} Emprestar livros

Isa Pereira

Mais um fim-de-semana que passou e este foi cheio de livros! No Sábado fui visitar a família e vim de lá cheia de comidinhas boas, miminhos e cheia de livros. Felizmente tenho à minha volta algumas pessoas que gostam tanto de livros e leituras quanto eu. E, claro, vim com uma pilha de livros para juntar aos meus livros "não lidos". 

Esta é uma ótima maneira de ler livros sem gastar dinheiro. Gosto de emprestar livros e gosto que me emprestem livros. Mas tenho que ter alguma confiança na pessoa a quem empresto os livros, pois são objetos que valorizo bastante e que gosto de os manter em boas condições. Por isso mesmo, procuro estimar os livros que me emprestam. 

Gosto da ideia de partilhar com os outros as histórias que lemos. Recomendar livros e dar a minha opinião, quer seja boa ou ou menos boa. Cada um interpreta a história à sua maneira, conforma a sua visão da vida, conforme os seus valores. E o que é um bom livro para mim, pode não ser para muitas pessoas. E respeito isso. A diferença de opiniões. 

Daí a criação deste blogue: dar a minha opinião sobre os livros que leio. Também sigo outros blogues sobre livros (e de outros temas). E gosto de ler as diferentes opiniões dos mesmos livros. E, claro, descobrir novos livros e novos autores.

Por isso, sou totalmente a favor de emprestar livros! Partilhem as histórias das vossas estantes, quer sejam boas ou menos boas! Nunca se sabe se esse livro pode mudar a vida dessa pessoa. Cuidem deles como se fossem vossos! E respeitei-nos! Sobretudo, leiam!!



Pág. 1/3

Mais sobre mim

foto do autor

Isaura's bookshelf: currently-reading

A Mulher Secreta
tagged: currently-reading

goodreads.com

Sigam-me

Links

  •  
  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Rubricas

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    google1ed4a992f74de1ef.html