Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Jardim de Mil Histórias

Jardim de Mil Histórias

30
Jun16

Opinião "Uma Mulher Desobediente", de Jane Hamilton

Isa Pereira


Nome: Um Mulher Desobediente
Título original: Disobedience
Autor(a): Jane Hamilton
Editora: Editorial Presença
Edição: 2002
N.º Páginas: 272 páginas



Sinopse
Uma Mulher Desobediente é o retrato de uma família americana, narrada pela voz do filho mais velho dez anos após a sua saída do lar paterno. O adolescente descobre acidentalmente a correspondência via e-mail entre a mãe e um músico com quem ela mantém um caso extramarital. A arte de Jane Hamilton consiste na subtileza com que nos mostra a forma como cada membro da família é afectado: a própria mãe, o filho que a observa, o pai, um aparentemente plácido professor universitário, e uma pequena rebelde de 13 anos que quer ser e agir como um rapaz. Jane Hamilton disseca com extrema delicadeza a brilhantismo as incertezas e flutuações nos relacionamentos entre todos, captando inteligentemente os seus reflexos na própria comunidade em que estão inseridos.  



Opinião
Já tenho livro há muitos anos, mas por alguma razão fui sempre adiando a sua leitura. O meu instinto tinha razão. 

Não gostei da escrita da autora. Estrutura muito dispersa, com informações paralelas que não achei relevantes para a história principal. 

A história é contada apenas através do ponto de vista do filho da "mulher desobediente" e nunca nos apresenta diferentes perspectivas de outras personagens ou até mesma da mulher que dá nome ao livro. Nunca sabemos o que realmente pensa, a razão das suas acções. Apenas podemos supor através daquilo que o filho nos relata. Talvez fosse essa a sua intenção, mas não funcionou comigo.

Achei que o suposto caso extra-matrimonial da mãe (acho que não é spoiler, pois está implícito na sinopse) não foi bem conduzido e muito pouco informativo.

A história está muito centrada no filho adolescente. Reconheço a tentativa da autora em abordar as questões típicas da adolescência: a rebeldia, a confusão de emoções e sentimentos, a revolta perante tudo e todos. Na minha opinião considero que se focou demasiado nisso e afastou-se da história inicial. 

Não senti qualquer ligação com as personagens nem com a escrita da autora. Reflecte de alguma forma a comunidade em que as personagens estão inseridas, mas ainda assim gostaria de ter tido uma visão mais ampla da história. A premissa era muito interessante, mas conduzida de uma forma que não me agradou.
28
Jun16

Opinião | "Voo em Tons de Azul", de Eduardo Dinis

Isa Pereira

Nome: Voo em tons de azul
Autor(a): Eduardo Dinis
Editora: Chiado Editora
Edição: 2016
Colecção: Prazeres Poéticos
N.º Páginas: 108 páginas




Sinopse
A emoção omnipresente,
o amor às coisas simples!
Neste livro de poesia, há palavras encorpadas que espelham a singeleza dos sentimentos.
O autor traz consigo a veia poética do menino sonhador das terras quentes de África,
que brinca com barcos de papel e sacode
de si os dias cinzentos, na cor e luz do grande céu azul.
Do homem que, parecendo perdido
nas manhãs, nos dias e noites
de uma omnipresença de recordações,
se ganha em sonhos a acontecer.
E na imensidão de um coração grato de filho que, no mesmo tamanho de mundo, agradece ser pai.
A presença do sul quente e do azul céu
e mar, do olhar apenas à distância
dos sonhos, definem os caminhos.
E, em versos tocantes, o despertar
do amor, o sonho mais bonito:
Eu, tu e as estrelas.
Que este voo em tons de azul seja refrigério para os dias menos luminosos.

Opinião
Esta é a opinião difícil que alguma vez fiz. Tudo o que possa dizer sobre este livro pode soar suspeito, não só pela relação que tenho com o autor, mas pelo que significou para mim enquanto pessoa, mas sobretudo como leitora. Despertou em mim o gosto pela leitura e a fazer as minhas escolhas de uma forma muito simples. Sou a leitora que sou graças a este autor, que hoje tenho muito orgulho em partilhar a sua primeira obra. Mas já chega de sentimentalismos e vou falar daquilo que realmente importa: o livro.

Este é um livro de poesia. Um livro para se ir lendo e se ir saboreando durante o dia. Confesso que não leio tantos livros de poesia como no passado. Não por não gostar, mas pelo que (regra geral) me transmitem. Sempre que leio poesia fico nostálgica, pensativa e por vezes triste.

O autor neste livro fala da família, da sua infância em África, da terra que o viu crescer e formar-se como pessoa e profissional. Fala da solidão, do amor, do desejo, da morte e de saudade. É um livro muito emotivo e bonito para ler e reler.

Tudo o que possa dizer não é suficiente para transmitir aquilo senti ao ler este livro. Simples, bonito  e emotivo. Este foi o primeiro livro do Eduardo Dinis. Que venham mais.

Recomendo!

Extras
Podem adquirir este livro no site da Chiado Editora.


22
Jun16

Novos Livros # 1

Isa Pereira


Este post já vem tarde, mas como se costuma dizer, mais vale tarde do que nunca. Hoje nasce um novo espaço aqui no blog: Novos Livros. Como (felizmente) tenho comprado poucos livros e não recebo livros de parcerias todos os meses vou começar a mostrar-vos os livros que recebi (de oferta, parcerias) quando achar mais oportuno.

Estes livros que recebi foram ofertas do Dia da Mãe, oferta do Dia Mundial do Livro, parceria Saída de Emergência (livro de receitas, em que vou confeccionar algumas receitas e partilhar, fiquem atentos!) e uma oferta de um livro de poesia, onde estive no lançamento.

Nem que seja só de vez em quando é muito bom recebermos livros!

Livros
Quatro Gerações à Mesa, de Joana Andrade Nunes (Editora Saída de Emergência)
O Tempo Entre Costuras, Maria Dueñas
A Breve e Assombrosa Vida de Oscar Wao, de Junot Díaz
Os Cadernos de Pickwick, de Charles Dickens
Voo em Tons de Azul, de Eduardo Dinis


Boas leituras!

06
Jun16

Balanço Mensal | Maio 2016

Isa Pereira

O mês correu bem, apesar de não ter sido tão produtivo como o mês anterior. Li na totalidade quatro livros, três dos quais inseridos no Desafio Pop-Up de Maio. O objectivo continua o mesmo: ler mais, ler melhor!

Boas leituras.

Leituras

Em Teu Ventre, de José Luís Peixoto 
Uma Mulher Desobediente, de Jane Hamilton 
O Quarto Alugado, de Ricardo Belo de Morais (opinião em breve)
Voo em Tons de Azul, de Eduardo Dinis 


Mais sobre mim

foto do autor

Isaura's bookshelf: currently-reading

A Mulher Secreta
tagged: currently-reading

goodreads.com

Sigam-me

Links

  •  
  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Rubricas

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    google1ed4a992f74de1ef.html