Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Jardim de Mil Histórias

Jardim de Mil Histórias

28
Set17

Balanço | Book Bingo "Leituras ao Sol"

Isa Pereira

O 1.ª edição do Book Bingo "Leituras ao Sol" terminou com um sucesso que não contávamos. Quero agradecer a todos aos que participaram, comentaram, partilharam e fizeram deste desafio literário um sucesso. Blogguers, youtubers e aos participantes no Goodreads esperamos que se tenham divertido muito, lido muito, descoberto novos autores e novos livros. 

Muito obrigada a todos! Sem vocês nada disto faz sentido.

Agora vamos ao meu balanço final do desafio.



No total consegui realizar 9 leituras. Não fiz bingo, mas atingi o objectivo final, que era divertir-me. Por isso, posso dizer que correu bastante bem.

Em cada categoria deixo-vos a opinião sobre o livro que li.

Categorias:

- Livro com uma capa que te lembre o Verão | A Mulher do Camarote 10, de Ruth Ware

- Livro emprestado (da biblioteca, de um familiar ou amigo...etc) | A Expiação, de Ian McEwan

- Livro recomendado por alguém;


- Livro do teu género preferido | Mãe, não desistas de viver, de Tânia Laranjo - Livro de não-ficção


- Livro que se passe num continente diferente do teu;


- Livro de um vencedor de um prémio literário; 


- Clássico português | As Pupilas do Senhor Reitor, de Júlio Dinis


- Livro adaptado a cinema ou tv | Orgulho e Preconceito, de Jane Austen


- Livro esquecido na estante; 


- Livro juvenil ou young adult;


- Livro de um autor de estreia para ti (um autor/a que nunca leste e queres muito ler);


- Livro de um autor lusófono | A Espia do Oriente, de Nuno Nepomuceno 


- Livro do género chick -lit (para quem não sabe, um romance muito fofinho);


- Livro que se passe num local onde gostarias de passar férias | A Factura, de Jonas Karlsson


- Uma BD, Mangá ou Graphic Novel | Baby Blue 25 - My Space, de Rick Kirkkman e Jerry Scott


- Um livro do/a teu/tua autor/a preferido/a | O Poder das Pequenas Coisas, de Jodi Picoult.


Deixo-vos o vídeo que fiz para o canal.


26
Set17

Opinião | Baby Blues 25 - "My Space", de Rick Kirkman & Jerry Scott

Isa Pereira

Título: My Space
Autor(a): Rick Kirkman e Jerry Scott
Editora: Editorial Bizâncio
Temática/Género: Banda Desenhada
N.º de Páginas: 132 páginas
Edição: 2009



Sinopse:
My Space grita e esperneia de coisas boas! Os McPherson explicam-nos por que razão educar um filho é um encanto, educar dois é difícil, mas aguenta-se, educar três é um acto digno de canonização. Apesar de tudo, os ensonados Darryl e Wanda são uns pais cheios de estilo e sabedoria. Volte a divertir-se com o 25.º volume da colecção Baby Blues!


Opinião:
Depois de ler Isto vai ser pior do que pensávavamos+ Molhados, + Barulhentos +, Pegajosos tinha que continuar com esta saga familiar.

Quem me conhece sabe a minha paixão por esta BD. Não sou muito de ler BD's ou Graphic Novels, mas esta BD conquistou-me. É certo que não os leio todos seguidos. Vou saltando de livro a livro. Não me importo. Não há spoilers. Não é esse o propósito. 


Nestas páginas são, novamente, retradas o dia-a-dia desta família, que agora conta com 5 membros na família. A vida com 3 filhos, um deles bebé, a relação entre casal, a relação entre irmãos, entre muitas outras coisas. Quem é pai/ mãe rapidamente se identifica com o que casal passa, os seus pensamentos.

Uma série com muito humor que recomendo. São leituras que me ajudam a descontrair e  são excelentes para intercalar com livros mais pesados.

Recomendo. Boas leituras.


Nota:
Esta foi uma leitura para o Desafio Literário Book Bingo "Leituras ao Sol", na categoria "BD / Graphic Novel / Mangá".



25
Set17

Filmes | Tag "Um filme que..."

Isa Pereira

Na minha juventude era viciada em filmes. Alugava filmes todas as semanas, via os filmes preferidos vezes sem conta até saber o argumento todo!

Passado uns anos os livros foram ganhando o seu espaço, mas o meu amor pelos filmes nunca morreu. Ficou cá. E por isso mesmo quero e vou começar a partilhar os filmes que vejo aqui no blogue. 

E para começar vamos a uma Tag?! Vi esta Tag no canal da Tatiana Feltrin e achei muito boa. 


Vamos começar.



1 | Um filme baseado numa história real
Este filme retrata a história do desastre da Deepwater Horizon. Uma plataforma petrolífera situada na costa do Louisiana (EUA) que explodiu em 2010. Este foi o maior desastre ambiental da história dos Estados Unidos da América e é inspirado numa história verídica. 






2 | Um filme que ganhou um Óscar merecidamente
Palavras para quê. Um dos filmes da minha vida.






3 | Um filme que te lembra a tua infância





4 | Um filme que marcou a tua adolescência
Um filme que vi no cinema e chorei que nem uma "maria madalena".






5 | Um filme que te traga boas recordações
Foi também um filme da minha adolescência. Um dos que sei o argumento de cor e salteado. Tenho boas recordações porque o vi várias vezes com uma amiga minha (que também tinha uma amor platónico e louco pelo Tom Cruise) e fazíamos verdadeiras maratonas de Top Gun. Segundo as notícias que vi vai haver um Top Gun 2. Mal posso esperar!









6 | O melhor documentário
Podia indicar outros, mas este teve algum impacto para mim quando o vi.




7 | Um filme que te faça rir







8 | Um filme que te faça chorar
Adorei tudo neste filme. Chorei...muito. Foi pessoal.






9 | Um filme que te ficou na cabeça
Este filme ficou na minha memória por muitos motivos. Pelas interpretações, pela história e pela Banda Sonora (algo que sou louca, mas falo num post posterior).







10 | Um bom filme de máfia







11 | Um bom filme de guerra







12 | Um filme em que gostarias de participar
Pela história, pelos actores, por tudo.









13 | O último filme que viste







14 | Um filme que seja biográfico
Simplesmente maravilhoso. Cada vez gosto mais deste género de filmes (e livros).





15 | Um filme de zombies
Não tenho resposta para esta categoria, pois não vejo filme com zombies.

Boas leituras e bons filmes :)
20
Set17

Opinião | "Expiação", de Ian McEwan

Isa Pereira

Título: Expiação
Autor(a): Ian McEwan
Editora: Gradiva
Temática/Género: Literatura / Romance
N.º de Páginas: 419 páginas
Edição: 2002

Classificação: 4,5 estrelas



Sinopse:
No dia mais quente do Verão de 1935, Briony Tallis, de 13 anos, vê a irmã Cecilia despir-se e mergulhar na fonte que existe no jardim da sua casa. 
É também observada por Robbie Turner, um amigo de infância que, à semelhança de Cecilia, voltou há pouco tempo de Cambridge. Depois desse dia, a vida das três personagens terá mudado para sempre. Robbie e Cecilia terão ultrapassado uma fronteira que, à partida, nem sequer imaginavam e tornar-se-ão vítimas da imaginação da irmã mais nova. Briony terá presenciado mistérios e cometido um crime que procurará expiar ao longo de toda a sua vida. 
Expiação é, porventura, a melhor obra de Ian McEwan. Descrevendo de forma brilhante e cativante a infância, o amor e a guerra, a Inglaterra e a situação de classes, contém no seu âmago uma exploração profunda – e muito comovente – da vergonha, do perdão, da expiação e da dificuldade da absolvição. 
Nomeado para o Booker Prize e para o Whitbread Award 2001.



Opinião:
Já conhecia este livro, mas nunca me puxou para o ler. Foi quando a Tita um emprestou o livro que decidi que iria seguir a sua recomendação. 

Foi uma leitura muito boa. Confesso que parti para esta leitura com algum receio da escrita do autor. Mas foi uma agradável surpresa. Tanto a escrita, como o enredo. Personagens muito bem construídas e intensas. Não achei que tivesse muito ritmo, mas envolve de uma forma brilhante.

O que gostei nesta história, foi perceber um pouco da história de cada personagem ao longo do tempo. Contudo, gostaria que o autor tivesse desenvolvido mais a história da Cecilia. Compreendo a razão pela qual não o fez. Não era ela a personagem principal. Mas criei uma empatia de tal forma com ela que gostaria de ter conhecido mais do seu percurso.

Uma escrita brilhante, com um final arrebatador.

Recomendo. 

Nota:
Esta foi uma leitura para o Desafio Literário Book Bingo "Leituras ao Sol", na categoria "Livro emprestado".




15
Set17

Desafio literário "Um ano com a Jodi" | Outubro 2017

Isa Pereira



Depois do O Poder das Pequenas Coisas o livro para o mês de Outubro já está escolhido. Será o livro Uma questão de fé. Um livro sobre fé, amor e traição.

Portanto, estão novamente convidados a participarem nesta leitura conjunta. Deixem a vossa intenção nos comentários.




Sinopse:
Em Uma Questão de Fé, Jodi Picoult lança-se uma vez mais numa temática polémica sobre fé, traição, milagres e mistério… mas o fio condutor da narrativa é sempre a força do amor maternal.

Pela segunda vez no seu casamento, Mariah White apanha o marido com outra mulher, e Faith, a filha de ambos, assiste a cada doloroso momento. Após o inevitável divórcio, Mariah luta contra a depressão e Faith começa a conversar com um amigo imaginário. A princípio, Mariah desvaloriza o comportamento da filha, atribuindo-o à imaginação infantil. Mas quando Faith começa a recitar passagens da Bíblia, a apresentar estigmas e a fazer milagres, Mariah interroga-se se sua filha não estará a falar com Deus. Quase sem se aperceberem, mãe e filha vêem-se no centro de polémicas, perseguidas por crentes e não-crentes e apanhadas num circo mediático que ameaça a pouca estabilidade que lhes resta.

 Boas leituras.


Nota:
Canal da Dora "Books & Movies"
Blogue da Elisa "A Miúda Geek"
11
Set17

Opinião - Livros Infantis | "A Senhora Frederica", de Heinz Janish e Helga Bansch

Isa Pereira

Título: A Senhora Frederica
Autor(a): Heinz Janish e Helga Bansch
Editora: Livros Horizonte
Temática/Género: Literatura Infantil
Faixa Etária: entre aos 6 aos 10 anos
N.º de Páginas: 32 páginas
Edição: 2012
Prémios literários: "Prémio Literário Infantil de Viena" e "Prémio Chronos de Literatura".

Sinopse:
Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para Educação Pré-Escolar, destinado a leitura em voz alta.

Com espantosas ilustrações da reconhecida artista austríaca Helga Bansch e vencedor de vários Prémios de Literatura Infantil, A Senhora Frederica conta a extraordinária relação de fantasia que só entre uma criança e um velho pode acontecer, porque os velhos têm o maravilhoso condão de voltar a ser um pouco como as crianças. A Senhora Frederica é uma vizinha mas também podia ser a avó que, como tantas avós das nossas crianças já perdeu um pouco do sentido da realidade. Mas é também por isso, por velhos e crianças partilharem o mundo da imaginação, que estas ligações podem ser tão poderosas.



Opinião:
Esta é uma história deliciosa. Emociona. Toca-nos de uma forma muito subtil. Este é o retrato de uma senhora de 91 anos pelo olhar inocente de uma criança. Esta história retrata a amizade no seu estado mais puro.

A Senhora Frederica é paciente, forte, dedicada, habilidosa, bem-disposta...quase mágica. Mas a solidão está muito presente na vida desta senhora. Não tem amigos, nem família. E é esta criança que vai preencher os dias da Senhora Frederica com uma cor e vida que ela desconhecia. 

É importante cuidarmos do outro, dos nossos familiares. E é isso que este livro pretende transmitir. Valorizar o ser humano pelo seu riqueza interior e de vida. O envelhecimento, a interacção intergeracional, a amizade e solidão estão muito presentes neste livro.

Um livro que vale a pena ler com as nossas crianças.

Boas leituras.

05
Set17

TAG | "30 Perguntas sobre séries"

Isa Pereira


Há muito que quero falar de Séries no blogue, mas ainda não tinha tido oportunidade. E nada melhor que iniciar com uma Tag. Vi esta Tag no canal da Dora "Books & Movies" e achei que era perfeita para a ocasião.

Vamos começar?


1 | A tua série favorita
De sempre. É a minha "série de conforto".




2 | A melhor série que tu estas a assistir no momento

Adorar!!





3 | Uma série que tu não gostas.






4 | Uma série que tu só assistes quando não tens nada para fazer.

Ou outra do género.





5 | Uma cena de série que te fez chorar.

Algumas do Lost. Não vou falar em cenas pois não quero dar spoilers.





6 | Uma série de Terror.

Não vejo séries ou filmes de terror.



7 | Uma série de Acção.






8 | Uma série de Ficção.

Esta categoria foi um pouco difícil. No entanto, optei por "Era uma vez". 





9 | A série mais antiga que tu assistes.

Qualquer uma do CSI. E embora tenha terminado vou escolher CSY: NY.






10 | A tua personagem de série favorita.
O Phill. Adoro.





11 |  Uma série que tu odeias






12 | Uma série que deixou saudades.

Muitas, mas muitas saudades!





13 | Uma série que tu deixaste de assistir.

Fiquei na 3.ª temporada. Deixei de ter interesse.




14 | Uma série em que eu assisti todos os episódios.

Todos. Não perdi um! Nem os extras.





15 | A última série que tu começaste a assistir.

Ainda muito no início. 




16 | Melhor abertura de série.





17 | Uma série que já poderia ter acabado.

Apesar de ver e adorar acho que já poderia ter acabado.





18 | Uma série que não deveria ter acabado.

Uma das melhores!




19 | Uma série que me surpreendeu e eu acabei por gostar dela

Uma série sobre stalkers. Não pensava que iria gostar, mas acabou por ser boa.





20 | Uma série que foi cancelada e eu gostava muito.

Pelo que sei foi cancelado, mas a esperança é a última a morrer.





21 | Uma série que todas as pessoas gostam menos eu

Desculpem os fãs, mas não consegui assitir. Não me cativou.





22 | Uma série que eu fui perdendo o gosto aos poucos

Cansei. 




23 | Uma personagem de série muito engraçado.

O Castle. Ri-me imensas vezes com ele.





24 | Uma série que eu queria gostar mas eu não gosto

Vou tentando ver, mas não gosto tanto. 






25 | Uma série que eu gosto mas não gosto da protagonista
Acho que a actriz que representa o papel de Penny foi um erro de casting. Não simpatizo muito com ela. 





26 | Uma série que tu nunca assististe






27 | A série com a melhor trilha sonora.

Adoro a música de abertura. Uma série policial, com produção sueca. Gostei bastante. O actor sueco Michael Nyqvist morreu recentemente.
É a música Hard Time - Seinabo Sey






28 | A série da tua infância 

Não infantil, mas juvenil. 






29 | Uma série que deveria virar filme.

Não sei do que estão à espera. 





30 | Indica uma série


Esta é das melhores séries de comédia que vi nos últimos tempos. É uma série de humor, francesa com duas famílias como protagonistas. Uma muito liberal e outra mais conservadora. Ri-me à gargalhada vezes sem conta. Uma série que passou na RTP2 e terminou recentemente. Fais pas ci, fais pas ça ficou traduzida como Pais Desesperados. Se conseguirem assistam. Vai valer a pena.


01
Set17

YouTube | Canal Jardim de Mil Histórias

Isa Pereira

Todos nós evoluímos. Criamos e pensamos em projectos novos, ideias novas. Este é mais um passo, uma experiência, um projecto.

Ainda não era a altura certa. Até um dia...Hoje foi o dia. O canal de YouTube do Jardim de Mil Histórias já está criado. Não é (nem será) perfeito. Não quero a perfeição. Apenas partilhar aquilo que mais gosto. Mas vou procurar melhorar. Sempre. Conteúdos, edição...tudo.

Agora é trabalhar. Diz que agora sou YouTuber :)

Espero que gostem. 

Boas leituras. 



Mais sobre mim

foto do autor

Isaura's bookshelf: currently-reading

A Mulher Secreta
tagged: currently-reading

goodreads.com

Sigam-me

Links

  •  
  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Rubricas

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    google1ed4a992f74de1ef.html