Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jardim de Mil Histórias

Jardim de Mil Histórias

15
Dez16

O Livro da Minha Vida # 6 | Ana Tomás

Isa Pereira


Hoje é dia do segmento Livro da Minha Vida. A convidada de hoje é a Ana Tomás, uma seguidora do blog. A Ana aceitou o convite do Jardim de Mil Histórias e falar de um livro que a marcou. Um livro já li e quero reler em breve. Um clássico que vale a pena conhecer.

Aqui a  sua sugestão.





Nome: Ana Tomás
Profissão: Engenheira Civil
Localidade: Guarda
Idade: 28 anos

Livro da Minha Vida: Os Filhos da Droga, de Christine F.



«Quando mechegou este desafio de escolher “O livro da minha vida” pensei: “que livro me marcou, me arrepiou, de talforma que ainda hoje o refiro em várias conversas?”. E neste exercícioapenas me surgia um livro : Os filhosda droga com o subtítulo: "
Eu,Christiane F. 13 anos, drogada, prostituta…"… esta afirmação poderá serchocante, mas eu gostei de me sentir chocada, horrorizada, de tal forma quetive de ler esta história. É uma história verídica, bem documentada eestruturada, e contínua a resistir ao esquecimento que o tempo impõe, pois,passados 40 anos, ainda hoje é um livro bem conhecido e recomendado.

Christianerelata a sua vida, cruamente, sem esconder ou omitir nada. O seu relato é tãoclaro e vívido que sentimos tudo aquilo pelo qual ela passou. Sentimo-nossufocados com a sua descrição do sítio onde vivia, um local cinzento onde obetão e o asfalto reinavam e onde as crianças não podiam ser crianças. Embaladosao som da música de David Bowie e da história pré-queda do muro de Berlim, embarcamosnesta viagem com Christiane. Durante todo o livro, o relato de Christianeagarra-nos, perturba-nos, comove-nos…

Estelivro é um duro abrir de olhos para todas as famílias e para nós mesmos quandonos confrontamos com estas realidades no nosso dia-a-dia. Não devemos serindiferentes, mas aprendemos também que é muito importante escolhermos bem osnossos caminhos. Para concluir acabo com algumas palavras, que demonstram atamanha lucidez, de Christiane:


 "a minhadependência absoluta da heroína assusta-me. (...) Até que ponto os drogados sedeixam humilhar e ofender. Como ficavam reduzidos ao mais ínfimo.», «De repente senti-me vazia, como se dentro demim tudo tivesse secado. Tínhamos conseguido livrar-nos da H, mas não sabíamoso que fazer. Sem falarmos muito, encaminhámo-nos para a estação de metro. Tudose passou quase automaticamente. Era como se uma corda invisível nosarrastasse, sem que dela nos apercebêssemos." »

Quero agradecer à Ana Tomás pela sua participação!

Boas leituras.

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Isaura's bookshelf: currently-reading

A Mulher Secreta
tagged: currently-reading

goodreads.com

Sigam-me

Links

  •  
  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Rubricas

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    google1ed4a992f74de1ef.html