Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jardim de Mil Histórias

Jardim de Mil Histórias

23
Nov15

{Opinião} "A Irmã de Freud", de Goce Smilevski

Isa Pereira

Título: A Irmã de Freud
Autor(a): Goce Smilevski
Editora: Alfaguara
N.º de Páginas: 332
Edição: 2013





Sinopse:
Em 1938, numa Áustria ocupada pelo regime nazi, Sigmund Freud recebe um visto para fugir para Londres e, assim, escapar à ameaça de terror. Da lista de 16 pessoas que pretende levar consigo fazem parte a cunhada, o médico, as criadas e até o seu pequeno cão, mas nenhuma das suas quatro irmãs. É pela voz de uma delas, Adolfine, que conhecemos esta história assombrosa sobre a família Freud. Deportada para o campo de concentração de Terezín, «a melhor e mais doce irmã» do psicanalista conhece Ottla, a irmã amnésica de Franz Kafka, a quem confidencia as suas memórias. Emerge o retrato de uma menina sensível e doente que vive a infância em simbiose com o irmão Sigmund, o mentor que a guiava na descoberta da vida. O retrato de uma jovem inconformada com o papel que a sociedade lhe impõe, amargurada pelo desprezo da mãe e pela partida do irmão. Por fim, o retrato de uma mulher só, que se sente apenas meia mulher por nunca ter sido mãe. O cenário da história da família é a Viena da viragem do século, uma época de incomparável esplendor artístico e intelectual, que serviu também, e ironicamente, de pano de fundo a alguns dos acontecimentos mais traumáticos do século XX. 


Opinião:
Este era um livro há muito tempo que estava na minha lista de leituras, por se tratar de uma história inspirada em acontecimentos verídicos.

Começou por ser uma leitura bastante interessante e empolgante. Todo ele é contado do ponto de vista de Adolfine, uma das irmãs de Sigmund Freud. Contudo, a autor vai partilhando com o leitor pedaços da história de vida de seus pais, dos seus irmãos, e principalmente de Sigmund Freud, provavelmente a personagem que mais conhecemos. 

Esta história passa-se, essencialmente, na Áustria na época do Holocausto. Sendo que por vezes são-nos relatados episódios das suas vidas enquanto crianças e jovens. 

Foi uma boa leitura, pois gostei de conhecer um pouco melhor Sigmund Freud enquanto ser humano e pela sua história de vida. Contudo, não me cativou como esperava. Uma escrita um pouco filosófica e introspectiva que me desmotivaram um pouco da leitura. 


Classificação:
3/5 - Bom 

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Isaura's bookshelf: currently-reading

A Mulher Secreta
tagged: currently-reading

goodreads.com

Sigam-me

Links

  •  
  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Rubricas

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    google1ed4a992f74de1ef.html