Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jardim de Mil Histórias

Jardim de Mil Histórias

05
Mar15

{Opinião} "As Intermitências da Morte", de José Saramago

Isa Pereira
Este foi a minha última leitura do mês de Fevereiro e o segundo livro que li de José Saramago.

Durante anos andei a evitar ler este autor, pois ouvia várias vezes que era difícil de ler, muito complexo, etc. E fiquei convencida disso, apesar de nunca ter lido. 

Até que um dia decidi que queria ler este autor para tirar, de uma vez por todas, as minha dúvidas. E foi a melhor coisa que fiz. Li o livro As Pequenas Memórias e, embora sendo um livro de não-ficção e um livro atípico na sua estrutura habitual, gostei bastante. 

Neste pequeno livro é-nos retratada uma sociedade em que a partir da meia-noite, numa passagem de ano, as pessoas deixam de morrer. Num país, que nunca conhecemos o nome, a morte deixa de existir. A partir daqui o autor fala-nos das implicações e consequências da "falta de morte" na sociedade.

A morte (que a partir de certa altura torna-se numa personagem da histórias) é-nos falada de uma forma criativa e fascinante. Este é um tema um pouco delicado para mim, pois não gosto muito de ler sobre este tópico. Contudo, adorei a forma como se fala da morte neste livro. Reflectimos sobre o porquê de precisarmos (ou não) da morte. 

A morte é um assunto delicado, mas certo! Todos sabemos que estamos destinados a morrer e todos aqueles que nos são próximos. Causa dor e revolta. Temos de aprender a enfrentá-la, mas é duro. Gostei da forma como o autor abordou o assunto: real, inevitável e natural.

Um livro escrita de uma forma soberba e fantástica, apesar de uma pontuação e estrutura muito própria, que não põe em causa a narrativa. 


Classificação:
4/5 - Muito Bom 

16 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Isaura's bookshelf: currently-reading

A Mulher Secreta
tagged: currently-reading

goodreads.com

Sigam-me

Links

  •  
  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Rubricas

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    google1ed4a992f74de1ef.html