Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jardim de Mil Histórias

Jardim de Mil Histórias

15
Mar16

Opinião | "Mulheres", de Carol Rossetti

Isa Pereira

Nome: Mulheres
Autor(a): Carol Rossetti
Editora: Edições Chá das Cinco
Edição: 2016
N.º Páginas: 160 páginas





Sinopse:
Existem mulheres negras, brancas, morenas, latinas, asiáticas, indianas, indígenas. Existem engenheiras, donas de casa, prostitutas, ministras, artistas, executivas, atrizes. Há mulheres cegas, surdas, mudas. Mulheres bipolares, deprimidas, ansiosas.

Existem heterossexuais, lésbicas, bissexuais, arromânticas, pansexuais, assexuais. Mulheres cristãs, ateias, budistas, muçulmanas.

Há mulheres que não são ativistas, que nunca ouviram falar em feminismo, que nunca discutiram racismo. Mulheres que lutam de formas diferentes, a partir de ideias que não conhecemos.
Existem mulheres que têm vergonha de partilhar as suas escolhas por medo de serem julgadas. E existem mulheres que discordam de tudo o que eu disse até aqui.
Cada Mulher tem a sua própria história, e acredito que todas merecem ser ouvidas e representadas. A minha abordagem será abrangente, convidando todos os que partilhem comigo essa ideia de liberdade a celebrar a diversidade do ser humano. 



Opinião:
Vou começar esta opinião por afirmar que tudo o que possa dizer sobre este livro é pouco e não faz jus à qualidade e à mensagem que este livro transmite. É uma ode às mulheres, A TODAS as mulheres, sem excepção. 

É um livro com ilustrações lindíssimas, que retratam as mulheres de uma forma genuína e verdadeira. Está dividido por temas:

  • Corpo
  • Moda 
  • Identidade
  • Escolhas
  • Amor 
  • Valentes 
Em cada assunto são abordados preconceitos, estereótipos, emoções, por vezes difíceis de exprimir por palavras, mas que a autora transmite brilhantemente através da imagem. Textos simples, verdadeiros e directos. 

Um livro sem tabus, com mensagens fortíssimas de amor-próprio, de auto-valorização, de optimismo, de liberdade de escolha, de felicidade, de tolerância e de respeito. Aceitarmos a nossa própria identidade, mas também aceitar os outros. 

Não só dirigida a mulheres, mas a TODOS. Para adultos, mas também para jovens. A sua linguagem clara, acessível e os assuntos abordados permite que este livro chegue a todos.

Um livro inclusivo que pretende quebrar preconceitos e barreiras.

Classificação:
5/5 - Adorei


Nota:
Este livro foi-me disponibilizado pela editora Saída de Emergência em troca de uma opinião honesta


12 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Isaura's bookshelf: currently-reading

A Mulher Secreta
tagged: currently-reading

goodreads.com

Sigam-me

Links

  •  
  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Rubricas

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    google1ed4a992f74de1ef.html