Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jardim de Mil Histórias

Jardim de Mil Histórias

25
Jan16

Opinião | "O Cônsul Desobediente", de Sónia Louro

Isa Pereira


Nome: O Cônsul Desobediente
Autor(a): Sónia Louro
Editora: Saída de Emergência
Edição: 2009
N.º Páginas: 416 páginas




Sinopse:
A História de Aristides de Sousa Mendes. O homem que, para salvar 30.000 inocentes, desobedeceu a Salazar e foi perseguido. 
Há pessoas que passam no mundo como cometas brilhantes, e as suas existências nunca serão esquecidas. Aristides de Sousa Mendes foi uma dessas pessoas. Cônsul brilhante, marido feliz, pai orgulhoso, teve a sua vida destruída quando, para salvar 30.000 vidas, ousou desafiar as ordens de Salazar.
Cônsul em Bordéus durante a Segunda Guerra, é procurado por milhares de refugiados para quem um visto para Portugal é a única salvação. Sem ele, morrerão às mãos dos alemães. Infelizmente, Salazar, adivinhando as enchentes nos consulados portugueses, proibira a concessão de vistos a estrangeiros de nacionalidade indefinida e judeus. Sob os bombardeamentos alemães, espremido entre as ameaças de Salazar, as súplicas dos refugiados e sua consciência, Aristides sente-se enlouquecer. E então toma a grande decisão da sua vida: passar vistos a todos quantos os pedirem. Salvará 30.000 inocentes mas destruirá irremediavelmente a sua vida.



Opinião:
Quero, desde já, agradecer à minha amiga Tita do Prazer das Coisas por me ter emprestado este livro e a paciência por só agora o ter lido. Foi mais uma leitura para o projecto "Leituras do Holocausto".

Este é um livro que conta a história de vida de Aristides de Sousa Mendes, o cônsul português que ajudou a salvar milhares de judeus. 

Depois de ter visto filme "Aristides de Sousa Mendes - O Cônsul de Bordéus" fiquei mais interessada em ler este livro, para conhecer melhor quem foi Aristides e a sua história.

Gostei muita da escrita da autora - muito fluída - e forma como abordou esta história. Sempre muito bem documentada, com bastantes notas de rodapé. Seria de pensar que o excesso de notas de rodapé pudessem tornar a leitura deste livro aborrecida, mas não é essa a minha opinião. Elas são necessárias, não só para a história em si, como no contexto histórico geral.

Gostei muito como a autora construiu a sua personagem sem nunca descurar a sua verdadeira identidade. Os dilemas que Aristides enfrenta, a relação família-trabalho foram aspectos muito bem explorados neste livro.

Para quem quer ficar a conhecer melhor Aristides de Sousa Mendes é de facto uma boa leitura.


Classificação:
4/5 - Gostei Muito


Nota: Esta leitura está incluída no Desafio Literário "Leituras do Holocausto"


10 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Isaura's bookshelf: currently-reading

A Mulher Secreta
tagged: currently-reading

goodreads.com

Sigam-me

Links

  •  
  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Rubricas

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    google1ed4a992f74de1ef.html