Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jardim de Mil Histórias

Jardim de Mil Histórias

30
Jun16

Opinião "Uma Mulher Desobediente", de Jane Hamilton

Isa Pereira


Nome: Um Mulher Desobediente
Título original: Disobedience
Autor(a): Jane Hamilton
Editora: Editorial Presença
Edição: 2002
N.º Páginas: 272 páginas



Sinopse
Uma Mulher Desobediente é o retrato de uma família americana, narrada pela voz do filho mais velho dez anos após a sua saída do lar paterno. O adolescente descobre acidentalmente a correspondência via e-mail entre a mãe e um músico com quem ela mantém um caso extramarital. A arte de Jane Hamilton consiste na subtileza com que nos mostra a forma como cada membro da família é afectado: a própria mãe, o filho que a observa, o pai, um aparentemente plácido professor universitário, e uma pequena rebelde de 13 anos que quer ser e agir como um rapaz. Jane Hamilton disseca com extrema delicadeza a brilhantismo as incertezas e flutuações nos relacionamentos entre todos, captando inteligentemente os seus reflexos na própria comunidade em que estão inseridos.  



Opinião
Já tenho livro há muitos anos, mas por alguma razão fui sempre adiando a sua leitura. O meu instinto tinha razão. 

Não gostei da escrita da autora. Estrutura muito dispersa, com informações paralelas que não achei relevantes para a história principal. 

A história é contada apenas através do ponto de vista do filho da "mulher desobediente" e nunca nos apresenta diferentes perspectivas de outras personagens ou até mesma da mulher que dá nome ao livro. Nunca sabemos o que realmente pensa, a razão das suas acções. Apenas podemos supor através daquilo que o filho nos relata. Talvez fosse essa a sua intenção, mas não funcionou comigo.

Achei que o suposto caso extra-matrimonial da mãe (acho que não é spoiler, pois está implícito na sinopse) não foi bem conduzido e muito pouco informativo.

A história está muito centrada no filho adolescente. Reconheço a tentativa da autora em abordar as questões típicas da adolescência: a rebeldia, a confusão de emoções e sentimentos, a revolta perante tudo e todos. Na minha opinião considero que se focou demasiado nisso e afastou-se da história inicial. 

Não senti qualquer ligação com as personagens nem com a escrita da autora. Reflecte de alguma forma a comunidade em que as personagens estão inseridas, mas ainda assim gostaria de ter tido uma visão mais ampla da história. A premissa era muito interessante, mas conduzida de uma forma que não me agradou.

10 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Isaura's bookshelf: currently-reading

A Mulher Secreta
tagged: currently-reading

goodreads.com

Sigam-me

Links

  •  
  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Rubricas

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    google1ed4a992f74de1ef.html