Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Jardim de Mil Histórias

Jardim de Mil Histórias

29
Out17

Passatempo 1 | 3.º Aniversário do Blogue "Jardim de Mil Histórias" | "Imagina que não estou aqui", de Adam Haslett | Editorial Presença

Isa Pereira
O blogue está a comemorar o seu 3.º aniversário. E algumas editoras juntaram-se a esta comemoração.
A Editorial Presença irá oferecer o livro Imagina que não estou aqui, de Adam Haslett a um/a leitor/a do blogue.

Para participarem só têm que responder ao formulário e cumprir todas a regras de participação. O passatempo vai decorrer até ao dia 26 de Novembro, às 23h59m.

Regras de Participação:
Para responder às questões do formulário ver site da editora

Boa sorte a todos!

Regras de Participação:
1. Só será permitida uma participação por pessoa;
2. É obrigatório ser seguidor público do blogue e fazer partilha do passatempo apenas no Facebook ;
3. É obrigatório colocar "Gosto" na Página de Facebook da Editoral Presença e na página do blogue "Jardim de Mil Histórias";
4. O livro será enviado pela editora e não se responsabiliza por extravios dos CTT;
5. O vencedor será escolhido através do Randon.org;
6. O vencedor será anunciado aqui no blogue e contactado para o e-mail referido no questionário;
7. Apenas serão aceites participações com moradas de Portugal Continental e Ilhas.

19
Jun17

Opinião | "Aqueles que merecem morrer", de Peter Swanson

Isa Pereira

Título: Aqueles que merecem morrer
Autor(a): Peter Swanson
Editora: Editorial Presença
Colecção: Minutos Contados
N.º de Páginas: 280 páginas
Edição: 2017

Classificação: 5 estrelas



Sinopse:
Ted Severson e Lilly Kintner conhecem-se num aeroporto de Londres. Conversam e bebem demasiados martinis enquanto aguardam pelo embarque num voo para Boston. Embalados pela bebida, os dois iniciam um estranho e arriscado jogo em que revelam pormenores da sua vida privada. Ted conta que a mulher, Miranda, o trai, chegando a dizer que tem vontade de a matar. Para sua surpresa, a enigmática Lilly mostra-se disposta a ajudá-lo. Se todos nós morremos, que diferença fará punir pelas próprias mãos quem merece ser punido? Mas Lilly não revela a Ted o seu passado tortuoso e sinistro. Assim começa uma perigosa e fatal corrida contra o tempo. 

O autor escreve magistralmente, deixando o leitor em estado de permanente tensão, choque e expectativa, mantendo-o dentro do seu jogo psicológico. Um livro impregnado de ação, suspense e adrenalina, reviravoltas e imprevisibilidade. Aqueles que Merecem Morrer figurou durante meses em todas as listas de bestsellers do Reino Unido.



Opinião:
Adoro thrillers. Um género que aprendi a gostar e nunca mais larguei, embora não leia tanto quanto gostasse.

Esta opinião vai ser das mais difíceis de escrever. Porquê? Porque não vou, nem posso revelar muitos pormenores sobre o livro. A riqueza deste livro está em descobri-lo do início ao fim. Desde o início da história que o autor nos vais surpreendendo. É uma leitura compulsiva.

As personagens estão muito bem construídas, com uma riqueza psicológica fascinante. A escrita é envolvente e com o ritmo suficiente para acompanharmos a história. Cada capítulo é dedicado e narrado do ponto de vista de cada personagem. Uma estrutura que muito me agradou, pois ficamos a conhecer os pensamentos e sentimentos de cada personagem.

Um livro com muitas reviravoltas, surpresas que nos deixam boquiabertos. Um livro que recomendo a todos os amantes do género e não só. 




Nota:
Este livro foi-me disponibilizado pela Editoral Presença em troca de uma opinião honesta.

Para mais informações sobre o livro ver aqui.



30
Mai17

Divulgação | "Aqueles que Merecem Morrer", de Peter Swanson | Editorial Presença

Isa Pereira

Sobre o livro:
Ted Severson e Lilly Kintner conhecem-se num aeroporto de Londres. 
Conversam e bebem demasiados martinis enquanto aguardam pelo embarque num voo para Boston. 


Embalados pela bebida, os dois iniciam um estranho e arriscado jogo em que revelam pormenores da sua vida privada. 
Ted conta que a mulher, Miranda, o trai, chegando a dizer que tem vontade de a matar. 
Para sua surpresa, a enigmática Lilly mostra -se disposta a ajudá-lo. 



Se todos nós morremos, que diferença fará punir pelas próprias mãos quem merece ser punido? 
Mas Lilly não revela a Ted o seu passado tortuoso e sinistro. 
Assim começa uma perigosa e fatal corrida contra o tempo.
CRÍTICAS DE IMPRENSA
«Partilha os mesmos pontos fortes que Em Parte Incerta mas é ainda melhor.»
Entertainment Weekly


«A vingança nunca se serviu tão fria como neste thriller excecional de Peter Swanson. Poucos estarão preparados para um clímax tão esmagador.»
Publishers Weekly



«Um enredo diabolicamente imprevisível, com momentos de cortar a respiração. O final é fabuloso.»
Bookseller


Sobre o autor:
Peter Swanson é autor de três romances: The Girl with a Clock for a Heart, finalista do LA Times Book Award; Aqueles que Merecem Morrer, vencedor do New England Society Book Award e finalista do CWA Ian Fleming Steel Dagger; e Her Every Fear, o mais recente. 

Os seus livros estão traduzidos em 30 línguas. 

Os seus contos e poemas têm sido referidos em Asimov's Science FictionThe Atlantic MonthlyMeasureThe GuardianThe Strand Magazine e Yankee Magazine

Peter Swanson frequentou o Trinity College, a Universidade de Massachusetts, em Anherst, e o Emerson College. 
Vive em Massachusetts com a sua mulher e um gato.

Para mais informações sobre este livro clique aqui


26
Abr17

Resultado | Passatempo de Primavera # 1 "Rumo a Casa", de Yaa Gyasi | Editorial Presença

Isa Pereira


O passatempo de Primavera #1 para o livro Rumo a Casa terminou e, novamente, com muitas participações. Muito obrigada a todos os participantes. 

Quero agradecer à Editorial Presença que disponibilizou o livro para oferta aos leitores do blogue. Este é um livro que já li e recomendo. Podem ver a minha opinião aqui.


Vencedor/a: Nº50 - Ângela Pereira


Muitos parabéns Ângela Costa Pereira. Brevemente irá receber o livro na morada que indicou. 

Mais uma vez obrigada a todos pela vossa participação e parabéns à vencedora.

25
Abr17

Divulgação | "A Pérola que Partiu a Concha", de Nadia Hashimi | Editorial Presença

Isa Pereira

Sobre o livro:

Cabul, 2007. com um pai toxicodependente e sem um único irmão, Rahima e as irmãs só podem frequentar a escola esporadicamente e mal lhes é permitido sair de casa. 


A Rahima, resta a esperança proporcionada pela bacha posh, uma prática antiga através da qual as raparigas podem ser tratadas como rapazes, e adotar o seu comportamento, até terem idade para casar. Como filho, ela pode ir à escola, ao mercado e sair à rua para acompanhar as irmãs mais velhas. Rahima não é a primeira da família a seguir esta prática pouco comum.



Shekiba, sua trisavó, já o fizera um século antes para tentar salvar-se. Os destinos das duas cruzam-se numa história, ao mesmo tempo, bela e triste que nos fala da condição feminina num ambiente hostil. o que acontecerá a Rahima quando tiver idade para se casar? Como sobreviverá? e Shekiba, terá ela conseguido construir uma vida nova e mais digna?


Sobre a autora:
Nadia Hashimi, de origem afegã, nasceu e cresceu nos EUA. 

Os seus pais abandonaram o Afeganistão na década de setenta, antes da invasão soviética. 
É formada em Biologia e em Medicina, com especialização em Pediatria. 

Depois de completada a formação em Medicina, conciliou a escrita com a sua profissão e estreou -se com o bestseller A Pérola que Partiu a Concha, que tem os direitos vendidos para mais de dez países. 

Vive com o marido e os seus quatro filhos em Washington, D.C.

Para mais informações sobre este livro clique aqui


30
Mar17

Opinião | "Rumo a Casa", de Yaa Gyasi | Editorial Presença

Isa Pereira

Título: Rumo a Casa
Autor(a): Yaa Gyasi
Editora: Editorial Presença
N.º de Páginas: 344 páginas
Edição: 2017
Temática/Género: Literatura / Romance
Colecção: Grandes Narrativas

Classificação: 4 estrelas

Sinopse:
Effia e Esi, filhas do mesmo pai, nasceram em aldeias diferentes do Gana do século XVIII. Effia casa com um inglês e vive confortavelmente no Castelo da Costa do Cabo. Já Esi, sem que Effia saiba, vê-se aprisionada nas masmorras do mesmo castelo, vendida como escrava e enviada para a América. O Regresso retrata magistralmente o suceder de gerações a partir de Esi e Effia, no Gana e nos Estados Unidos da América. 

As duas descendências, com os seus episódios íntimos, belos e dramáticos, mostram-nos a história da escravatura e da cultura afro-americana nos continentes africano e americano até à atualidade, lado a lado num fio que se poderá unir. Esta estreia literária de Yaa Gyasi, nascida em 1989, arrebatou a crítica e os leitores, tornando a autora numa das vozes mais promissoras da literatura norte-americana.



Opinião:

Este livro retrata a história impressionante do colonialismo e escravatura, nos Estados Unidos da América e no Gana, em África. A narrativa inicia-se com a história de duas irmãs, filhas do mesmo pai.Não se conhecem, nasceram em aldeias diferentes, logo vão ter percursos de vida diferentes. 

O que mais se distingue desta história é a sua estrutura. O cuidado que a autora teve em apresentar, no início do livro, a árvore geneológica das duas famílias demonstra logo que vamos acompanhar a vida, não só destas duas irmãs, mas de muitas outras personagens das gerações seguintes.

Cada capítulo dedica-se a uma personagem de cada família. Vamos acompanhando todas estas famílias por mais de 250 anos. O que pode parecer muito redutor, pois pode pensar-se que ficamos a conhecer pouco cada personagem ou que não conseguimos estabelecer empatia com as mesmas. Isso não acontece. A autora tem a capacidade de, em poucas páginas, construir personagens riquíssimas, profundas que nos tocam com os seus pensamentos. Só com uma escrita fabulosa é que nos agarramos, com poucas palavras, às personagens. 

É sobretudo um romance histórico, profundo que fala sobre uma parte da história do mundo. Uma história vivida em continentes diferentes. Um história de amor, de preconceitos, de racismo, de crenças, de luta, mas sobretudo de esperança. Não só o lugar onde vivemos dita grande parte do nosso percurso. Há a sorte e há a vontade de querer mais. Esta é uma história tocante que todos deviam ler.

Boas leituras. 


Nota:
Este livro foi-me disponibilizado pela Editoral Presença em troca de uma opinião honesta.

Para mais informações sobre o livro ver aqui.



17
Mar17

Passatempo de Primavera | "Rumo a Casa", de Yaa Gyasi | Editorial Presença

Isa Pereira

A Primavera está a chegar e nada melhor que um passatempo para comemorar. A Editorial Presença gentilmente oferece o livro Rumo a Casa, de Yaa Gyasi aos leitores no blog. Para mais informações sobre o livro veja aqui

Para participarem só têm que responder ao formulário e cumprir todas a regras de participação. O passatempo vai decorrer até ao dia 23 de Abril, às 23h59m. Para responder às questões do formulário ver site da editora

Boa sorte a todos!

Regras de Participação:
1. Só será permitida uma participação por pessoa;
2. É obrigatório ser seguidor público do blogue e fazer partilha do passatempo apenas no Facebook ;
3. É obrigatório colocar "Gosto" na Página de Facebook da Editoral Presença e na página do blog "Jardim de Mil Histórias";
4. O livro será enviado pela editora e não se responsabiliza por extravios dos CTT;
5. O vencedor será escolhido através do Randon.org;
6. O vencedor será anunciado aqui no blogue e contactado para o e-mail referido no questionário;
7. Apenas serão aceites participações com moradas de Portugal Continental e Ilhas.




08
Mar17

Opinião - Livros Infantis & Juvenis | "Eu Quero a Lua", de Jonathan Emmett

Isa Pereira

Título: Eu Quero a Lua
Autor(a): Jonathan Emmett
Ilustraçoes: Vanessa Cabban
Editora: Editorial Presença
N.º de Páginas: 32 páginas
Edição: 2017
Temática/Género: Ficção Infantil
Faixa Etária: Dos 4 aos 6 anos

Classificação:  4 estrelas

Sinopse:
A Toupeira acha que a Lua é a coisa mais bonita que já viu em toda a sua vida - e quer tê-la! Mas ter a Lua não é tão fácil como parece.

Eu Quero a Lua é uma história com fantásticas ilustrações, para crianças a partir dos 3 anos.



Opinião:
Os livros infantis conquistaram-me. Pelas suas histórias, pelas ilustrações, pelas suas mensagens. A diversidade e criatividade de hoje em dia existentes nos livros infantis são incríveis. Há uma preocupação cada vez maior na forma e no conteúdos dos livros para os mais novos. 

Este livro conquista logo pela capa e pelo seu título.  Simples e apelativos. A ternura presente é indiscutível. A melhor maneira de testarmos um livro infantil é colocarmos em frente ao seu público-alvo: as crianças. Ofereci este livro ao meu filho e devorou-o de uma só vez. Não quer outro. Gosta da lua e da busca da toupeira pela lua. É a história de todas as noites. Todos as noites a lemos de maneira diferente. 

Como pais/educadores devemos acompanhar a leitura dos livros com as crianças, explicar da forma mais adequada, mas também devemos dar espaço à sua criatividade. Um livro com ilustrações lindas, apelativas, que acompanham muito bem o texto. 

Um livro sobre como capacidade de resiliência das crianças, da busca incessante do infinito, do "eu quero..." muito frequente nas crianças. Pequenos em tamanhos, mas grandes em mensagens.

Recomendo.


Nota:
Este livro foi-me disponibilizado pela editora Editorial Presença em troca de uma opinião honesta.
Para mais informações sobre o livro ver aqui.


28
Fev17

Divulgação | "Eu Quero a Lua", de Jonathan Emmet e Vanessa Cabban | Editorial Preseça

Isa Pereira



«Oh! Olhem só para aquilo! O que será?!»

A Toupeira acha que a Lua é a coisa mais bonita que já viu em toda a sua vida - e quer tê-la! Mas ter a Lua não é tão fácil como parece.

Eu Quero a Lua é uma história com fantásticas ilustrações, para crianças a partir dos 3 anos.



Para mais informações sobre este livro clique aqui.

Opinião em breve. 

Mais sobre mim

foto do autor

Isaura's bookshelf: currently-reading

A Mulher Secreta
tagged: currently-reading

goodreads.com

Sigam-me

Links

  •  
  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Rubricas

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    google1ed4a992f74de1ef.html