Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Jardim de Mil Histórias

Jardim de Mil Histórias

06
Jan16

{Opinião} "Prenda de Natal", de Glenn Beck

Isa Pereira


Nome: A Prenda de Natal
Autor(a): Glenn Beck
Editora: Lua de Papel
Colecção: Ideia Luminosa
N.º Páginas: 312 páginas
Ano de Edição: 2010



Sinopse:

Eddie sonha com uma bicicleta há muito, muito tempo. Apesar de ter apenas doze anos, sabe que o sonho vai ser difícil de concretizar, pois a família debate-se com problemas financeiros desde que o pai morreu. Ainda assim, acredita que a sua mãe vai conseguir o milagre, e que na manhã mágica do dia 25, junto à modesta árvore de Natal, encontrará a tão desejada prenda… Em vez disso, depara-se com um pequeno embrulho. Lá dentro uma camisola, "uma estúpida e feia camisola tricotada à mão", que o rapaz enfurecido atira para um canto do quarto. 

Demasiado novo para perceber o valor simbólico da prenda que a mãe lhe tricotou com tanto amor, Eddie inicia uma dura caminhada para a idade adulta, que o levará a questionar tudo e todos. Até que, no mais profundo momento da sua revolta, conhece um enigmático vizinho, que aparece e desaparece sem deixar rasto. É um homem sábio, de idade indefinida, que ensina ao rapaz um segredo: na vida, há sempre uma segunda oportunidade, podemos sempre voltar atrás e desfazer todo o mal que fizemos. 


Opinião:
Até há bem pouco tempo desconhecia por completo a existência deste livro e acabei por o descobrir por um feliz acaso no Goodreads.

Esta é uma história muito ternurenta e emotiva. Esta é uma história que me transmitiu o verdadeiro espírito do Natal. Uma história sobre amor, amizade, família e sobre a vida. Fala-nos em como devemos ver o lado bom da vida, mesmo nas piores alturas e que a felicidade está e começa em nós. 

Foi um livro que me deixou a pensar em muitas coisas: nas palavras que digo aos outros, reacções  para com os outros, entre outras coisas. Uma história que me deixou um breve sorriso quando terminei a leitura.

Esta foi a minha última leitura natalícia deste ano. E posso dizer que correu muito bem.


Classificação:
4/5 - Gostei muito
04
Jan16

{Opinião} "O Natal de Poirot", de Agatha Christie

Isa Pereira



Nome: O Natal de Poirot
Autor(a): Agatha Christie
Editora: ASA
N.º Páginas: 208 páginas





Sinopse:
É véspera de Natal. A reunião da família Lee é destruída por um ensurdecedor barulho de mobília a partir-se, seguido por um grito de agonia. No andar de cima, o tirânico Simeon Lee encontra-se morto num lago de sangue com a garganta cortada. No entanto, quando Hercule Poirot, que se encontra na zona para passar o Natal com um amigo, oferece a sua ajuda, encontra uma atmosfera não de luto mas de suspeita mútua. Parece que toda a gente tinha as suas razões para odiar o velho...


Opinião

Parti para esta leitura sem qualquer expectativas ou preconceitos. Gosto quando inicio uma leitura desta forma. E, na maior parte das vezes, acaba por resultar. 

Este foi o primeiro livro que li de Agatha Christie. Depois de ler tantas opiniões sobre os seus livros resolvi que este era uma boa maneira de me iniciar nos mistérios da autora.

Gostei muito da escrita da autora e a forma como aborda as personagens e nos envolve nos mistérios da história. Contudo, achei esta história simples, nada de mais. Não desiludiu, mas também não me arrebatou. Mas vou, de certeza, ler mais livros da autora, pois fiquei agarrada à forma como desenvolve o enredo.

Esta foi mais uma leitura natalícia que acabou por me agradar.

Classificação:
3/5 - Gostei
30
Dez15

Balanço de 2015 | "My Year 2015 in Books" Goodreads

Isa Pereira


O Goodreads este ano lançou uma aplicação onde podemos ver o balanço das nossas leituras "My Year 2015 in Books". 

É muito interessante ver os livros mais populares, o mais pequeno e o livro mais longo que lemos. E, claro, os melhores livros que lemos.

Para visitarem o meu perfil "My Year 2015 in Books 2015" cliquem AQUI. Lá podem ver os melhores e os piores livros que li em 2015.

Boas leituras.
17
Dez15

{Opinião} "O Natal de Mr. Krank", de John Grisham

Isa Pereira

Nome: O Natal de Mr. Krank
Autor(a): John Grisham
Editora: Rocco
N.º Páginas: 174 páginas
Ano de Publicação: 2002




Sinopse:
Imagine um ano sem Natal. Nada de centros comerciais a abarrotar, de jantares de empresa, de cabazes apetitosos e presentes indesejáveis. É exactamente isso que Luther e Nora Krank têm em mente quando decidem, só por esta vez, abster-se das festividades natalícias. A sua casa será a única a não ter luzes de Natal; não vão ser anfitriões da consoada; nem sequer vão ter uma árvore. Na verdade, não vão precisar dela pois quando chegar o dia 25 de Dezembro estarão a embarcar para um cruzeiro às Caraíbas. No entanto, como o casal descobrirá em breve, evitar celebrar esta época festiva pode ter consequências profundas - e não é tão fácil como imaginavam. 


Opinião:
Depois de ter lido A Conspiração de Jonh Grisham percebi que queria ler mais livros deste autor. Assim que vi que tinha um livro que se passava no Natal decidi ler assim que o encontrasse.

Fiquei muito curiosa depois de ter lido a sinopse e achei que não iria desiludir. E assim foi. Gostei do ambiente e das perspectivas que o autor criou em relação ao Natal. Embora se passe no contexto da sociedade americana (um pouco diferente da nossa, em relação ao Natal) achei fantástica a forma como o autor abordou o assunto.

Um casal que decidi, simplesmente, naquele ano não celebrar o Natal e "investir" esse dinheiro numas férias. Mas realmente não foi fácil. Ninguém diria, pois, supostamente, devíamos fazer o que realmente queríamos, sem pressões da sociedade (família, amigos, vizinhos), numa realidade de verdadeira liberdade. Mas tudo isto é relativo. A pressão (muitas vezes indirecta) dos que nos rodeiam é de tal forma condicionante que muitas vezes nem nos damos conta.

Este livro fez-me pensar em como enfrentar tudo para sermos verdadeiros, assertivos e em como tudo isso é difícil. Mas também em como muitas vezes aqueles que renegamos estão lá para nós quando precisamos deles.

Um livro que gostei muito de ler e que recomendo, especialmente nesta altura do ano.


Classificação:
5/5 - Excelente



14
Dez15

{Opinião} "A Prenda", de Cecelia Ahern

Isa Pereira


Título: A Prenda
Autor(a): Cecelia Ahern
Editora: Editorial Presença
Colecção: Champanhe e Morangos
N.º Páginas: 268 páginas
Edição: 2009


Sinopse:
Todos os dias Lou Suffern, um arquitecto bem-sucedido de Dublin, travava uma batalha inglória com o relógio, na tentativa vã de responder às múltiplas solicitações profissionais, familiares e sociais. Vivia a um ritmo vertiginoso. O seu desejo de sucesso afastou-o do que era realmente importante na sua vida. E assim foram correndo os dias até àquela gelada manhã de terça-feira em que resolveu oferecer um café a Gabe, o sem-abrigo que costumava sentar-se perto da entrada do seu escritório. À medida que o Natal se aproxima e que Lou vai privando mais de perto com Gabe, a sua perspectiva do tempo vai-se alterando... Emocionante e divertida, esta narrativa onde está sempre presente o espírito de Natal, faz-nos reflectir sobre a importância do tempo e rever as prioridades na nossa própria vida.


Opinião:
Decidi começar o mês de leituras natalícias por este livro. Um livro um pouco mais espiritual do que estou habituada. Mas esta é a altura do ano em que gosto de ler este tipo de livros.

Confesso que o início foi um pouco confuso. Senti-me um pouco perdida e não estava a "entrar" na história e não sentia qualquer ligação com as personagens. Só mais para o final (e este é um livro relativamente pequeno) é que sento uma súbita ligação com esta história.

Um livro com elementos espirituais que nos faz questionar a nosso papel na vida e o que realmente queremos. Um livro com uma mensagem bonita adequada para esta altura do ano. Mas se tivesse lido este livro noutra altura o resultado não teria sido o mesmo.


Classificação:
3/5 - Gostei
11
Dez15

{Opinião} "A Conspiração", de John Grisham

Isa Pereira

Título: A Conspiração
Título original: King of Torts
Autor(a): John Grisham
Editora: Rocco
N.º Páginas: 388 páginas
Edição: 2003




Sinopse:
O Gabinete dos Advogados Oficiosos não é exactamente conhecido como um local de formação de jovens e brilhantes advogados na barra. Clay Carter já lá trabalha há muito tempo e, como a maioria dos colegas, sonha com um emprego melhor numa firma de advogados. 

Quando, a contragosto, aceita o caso de um jovem acusado de homicídio, parte do princípio do que se trata apenas de mais um dos muitos assassínios sem sentido que, todas as semanas, são cometidos na cidade de Washington. 

Porém, ao investigar o passado do seu cliente, depara-se com uma conspiração demasiado tenebrosa que envolve uma das maiores empresas farmacêuticas do mundo. 

Será que este caso complexo alterará radicalmente a sua vida, tornando-o o rei das acções colectivas?


Opinião:
Este é o primeiro livro que leio do autor John Grisham e certamente não será o último. John Grisham é o autor de Tempo de Matar, um livro que não li, mas vi a sua adaptação cinematográfica e que é um dos meus filmes preferidos. Logo, senti que tinha ler um livro deste autor.

Este é um livro sobre dinheiro, poder, ganância e segredos. Acompanhamos a vida profissional e pessoal de Clay Carter. Um jovem advogado que sonha com um melhor local de trabalho.

A escrita de Grisham é brilhante. Conhecemos as personagens e os locais por onde passam de uma forma tão clara e realista. O enredo é fantástico e inesperado. Faz-nos pensar num "mundo" que desconhecemos, mas que de certo existe.  

Gostei da forma o autor desenvolveu as personagens ao longo da história, tanto de Clay, como da sua namorada Rebecca. Não é um livro de suspense, nem um thriller, nem acção. Mas tem um pouco de tudo.

Recomendo.


Classificação:
4/5 - Gostei muito 


09
Dez15

{Opinião} "Baby Blues 32 | + Molhados + Barulhentos + Pegajosos", de Rick Kirkman & Jerry Scott

Isa Pereira

Título: Baby Blues 32 | + Molhados, + Barulhentos, + Pegajosos
Autor(a): Rick Kirkman e Jerry Scott
Editora: Editorial Bizâncio
Colecção: BD
N.º Páginas: 168 páginas
Edição: 2015



Sinopse:
No dia-a-dia dos MacPhersons não há monotonia! Nesta família de 2+3, como em todas as famílias com crianças cada dia é uma nova aventura. 

A série de tiras que foi iniciada em 1990 continua actual e hilariante. Neste 32º volume pode contar com mais peripécias do dia-a-dia comuns a tantas famílias.

Qualquer semelhança com a realidade não é mera coincidência!


Opinião:
Já há muito tempo que queria iniciar a leitura desta série Baby Blues, da Bizâncio. Sabia que iria gostar bastante. E não desiludiu.

Este livro é simplesmente uma delícia! A sinopse diz tudo "Qualquer semelhança com a realidade não é mera coincidência"! E não é de facto. 

Os autores apresentam-nos, de uma forma brilhante e muito divertida, o dia-a-dia de famílias com três filhos. As confusões, as birras, as idas ao restaurante, ao supermercado, as aventuras na escola, a "luta" entre irmãos, as confidencias de irmãos, a relação entre os pais...e podia continuar o dia todo.

Situações brilhantes, em que as imagens não são um complemento, mas um elemento fundamental na história. 

Não sou muito de ler BD, mas adorei esta série. Apesar deste ser o último volume lançado pela Bizâncio, não foi assim tão relevante começar no primeiro volume. 

Quero ler e ter na minha estante toda esta coleção, pois vale muito a pena. Não só para pais, mas para todos.

Recomendo!

Classificação:
5/5 - Adorei




03
Dez15

{Opinião} "O AVC do Amor", de Luís Abreu

Isa Pereira


Título: AVC do Amor
Autor(a): Luís Abreu
Editora: Chiado Editora
Colecção: Viagens na Ficção
N.º Páginas: 112 páginas
Edição: 2015


Sinopse:
AVC do Amor é um texto de ficção, baseado na realidade e que relata, de uma forma “leve”, não espiritual e alegre a rotina diária de uma paralisia causada por um AVC. Neste texto, o autor, ele próprio tetraplégico, faz um relato muito verosímil e realista dessa condição, misturando-o com grandes paixões, com uma viagem a outra dimensão e com alguns episódios ligeiramente humorísticos.

Com várias histórias, AVC do Amor conta-nos alguns eventos passados na adolescência e na vida adulta de Rodrigo. Personagem principal que se recusa a acreditar no AVC e que, com a pertinência das suas questões, leva o leitor a duvidar da sua condição de tetraplégico. 


Opinião:
Quero agradecer desde já ao autor, Luís Abreu, que gentilmente me disponibilizou o livro em formato digital para o poder ler. Obrigada pela oportunidade e pela confiança.

Esta é uma história de sentimentos, de emoções. É a história de Rodrigo e a sua vida antes, durante e depois do AVC que sofreu. Ao longo do livro vamos conhecendo algumas situações do dia-a-dia de Rodrigo, experiências e vivências enquanto adolescente.

Todas as histórias são contadas com muito humor e amor. Há muitos sentimentos e emoções neste livro. 

Gostei particularmente do autor deixar o leitora na dúvida relativamente à sua situação. Escrita muito inteligente. 

Recomendo.

Classificação:
3/5 - Gostei



Nota:

Este livro foi-me disponibilizado pelo autor, Luís Abreu, em troca de uma opinião honesta.
02
Dez15

{Opinião} "Mors Tua, Vita Mea | a tua morte, a minha vida", de Vanessa Santos

Isa Pereira


Título: Mors Tua, Vita Mea | a tua morte, a minha vida
Autor(a): Vanessa Santos
Editora: Chiado Editora
Colecção: Viagens na Ficção
N.º Páginas: 546 páginas
Edição: 2015


Sinopse:
Sou a Sara, e estou agoniada, desesperada, com suores frios, o mundo ganhou profundidade, está calor, não, é frio, estou tonta. Tirem-me daqui, por favor.
É assim que se inicia o relato de Sara, a rapariga mais comum da cidade de Leiria. É-lhe transmitido pelo seu chefe um segredo de família que lhes trará dificuldades e mudanças.
Em pouco tempo, Sara verá a sua vida dar uma volta de 180º, viverá momentos de pânico, medo e de pura paixão.
Trata-se de um relato divertido, que descreve o desenrolar da trama de uma forma leve, dando a conhecer o ponto de vista de uma jovem na casa dos vinte anos e no auge da sua imaginação, descrevendo as cenas que vive com à-vontade e humor.

Opinião:
A autora, Vanessa Santos, contactou-me no sentido de ler o seu primeiro romance Mors Tua, Vita Mea | a tua morte, a minha vida. Agradeço a autora a oportunidade de ler este livro e a confiança.

Contudo, confesso que quando vi o livro que me assustei um pouco, dado o seu tamanho. Quem me conhece e quem me segue há algum tempo sabe a minha relação com livros com mais de 400 páginas. 

Li o livro muito rapidamente. Foi um folhear de páginas constante. É um livro muito divertido, com uma protagonista que tem tanto de divertida, como de distraída. 

Embora a revisão desde livro não seja perfeita, a escrita é bonita e simples. Gostei.

Classificação:
3/5 - Gostei


Nota:
Este livro foi-me disponibilizado pela autora e pela Chiado Editora em troca de uma opinião honesta.



27
Nov15

{Opinião} "A Praça de Antuérpia", de Luize Valente

Isa Pereira


Título: Uma Praça em Antuérpia
Autor(a): Luize Valente
Editora: Saída de Emergência
Colecção: A História de Portugal em Romances
N.º Páginas: 352 páginas
Edição: 2015




Sinopse: Há uma vaga que ainda não foi contada sobre a Segunda Guerra Mundial: a história de duas irmãs portuguesas, Olívia e Clarice. Olívia casa-se com um português e vai para o Brasil. Clarice casa-se com um alemão judeu e vai morar em Antuérpia, na Bélgica. AMbas vivem felizes, com maridos e filhos, até que a guerra começa e a Bélgica é invadida.
Para escapar da sombra nazi que vai devorando a Europa, a família de Clarice conta com a ajuda de Aristides de Sousa Mendes, o cônsul que salvou milhares de vida emitindo vistos para Portugal, em 1940, enquanto actuou em Bordéus, França. A família recebe o visto mas, ao chegar à fronteira de Portugal, em 1940, enquanto espera...Destino que vai mudar e marcar a vida das irmãs para sempre, por causa de um segredo que só será revelado sessenta anos depois.   


Opinião:

Quando este livro foi lançado despertou-me de imediato a atenção. Pela capa muito bonita e apelativa, mas sobretudo pela história e o seu contexto. Decidi que seria uma das minhas próximas leituras.

Foi uma leitura não desiludiu, pois ADOREI esta história! Um livro muito bem escrito, com factos históricos muito bem documentados e relatados, que nos prende desde o início. 

O que mais destaco é a profunda relação que sentimos com as personagens e o seu desenvolvimento ao longo da história. Faz-nos sentir que as conhecemos desde sempre. Pessoas reais, pelas quais sentimos uma imediata ligação. 

Uma história profunda, cheia de acontecimentos e cheia de emoções, em que o seu único ponto negativo foi ter terminado.

Não há mais palavras para descrever esta história. Só têm mesmo que a ler!

Recomendo!


Classificação:
5/5 - Excelente



Nota:
Este livro foi-me disponibilizado pela editora Saída de Emergência em troca de uma opinião honesta




Mais sobre mim

foto do autor

Isaura's bookshelf: currently-reading

A Mulher Secreta
tagged: currently-reading

goodreads.com

Sigam-me

Links

  •  
  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Rubricas

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    google1ed4a992f74de1ef.html